ORPHEU E A RENOVAÇÃO IDENTITÁRIA

  • Dion´ísio VILA MAIOR Universidade Aberta de Coimbra, Coimbra, Portugal.
Palavras-chave: Modernismo português. Geração de Orpheu. Manifestos.

Resumo

Este texto pretende refletir sobre os valores e as atitudes estético-literárias e ideológico-literárias que, em Portugal, demarcam vertebralmente este movimento. Nesse sentido se procurará refletir sobre a “aventura modernista” dos jovens modernistas (Fernando Pessoa, José de Almada Negreiros, Mário de Sá-Carneiro, Álvaro de Campos, Santa-Rita Pintor, entre outros), “aventura” essa corporizada quer na revista de 1915, como nos diversos manifestos literários que então foram aparecendo.

Biografia do Autor

Dion´ísio VILA MAIOR, Universidade Aberta de Coimbra, Coimbra, Portugal.

Doutor em Literatura Portuguesa, pela Universidade Aberta de Coimbra. Docente Associado com Agregação da Universidade Aberta de Coimbra.

Publicado
2020-12-31