PROJETO ESCOLA SEM FRONTEIRAS: FORMAÇÃO DOCENTE EM UMA PERSPECTIVA DIALÓGICA E PROGRESSISTA

  • Dariane Raifur Rossi Instituto Federal de São Paulo
  • Daniel Teixeira Maldonado Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo
  • Wilian Gonçalves Prefeitura de São Paulo

Resumo

Os objetivos deste relato são apresentar e discutir uma experiência educativa desenvolvida no projeto de extensão Escola sem Fronteiras, no ano de 2019, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFSP) em parceria com a escola municipal Infante Dom Henrique. Ao longo do texto, serão realizadas reflexões sobre os princípios ético-crítico-políticos desenvolvidos no processo de formação docente, as relações construídas entre o IFSP e a EMEF Infante Dom Henrique e as atividades de ensino planejadas e vividas pelos bolsistas e estudantes das duas instituições, evidenciando as marcas da educação popular, crítica e contra-hegemônica nessa ação extensionista. Após a finalização do ano letivo, muitas reflexões foram realizadas, produzindo mudanças nas disciplinas oferecidas no ano de 2020.

Biografia do Autor

Dariane Raifur Rossi, Instituto Federal de São Paulo

Graduada em Estudos Sociais pela Universidade de Cruz Alta (1991) e em Geografia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1999). Mestrado em Geografia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2003) com ênfase no Ensino de Geografia para Deficientes Visuais. Doutora em Geografia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2015). Atua como professora no Instituto Federal de São Paulo, no Departamento de Humanidades e coordena o Projeto Escola sem Fronteiras. 

Daniel Teixeira Maldonado, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo

Doutor em Educação Física pela Universidade São Judas Tadeu. Docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo. Coordenador do Projeto Escola sem Fronteiras. 

Wilian Gonçalves, Prefeitura de São Paulo

Docente de Ciências da Prefeitura de São Paulo. Coordenador do Projeto Escola sem Fronteiras.

Publicado
2020-05-27
Seção
Relato de experiências